Festival Mulheres no Volante – 3ª edição em Brasília

Neste final de semana acontece a 3ª edição do Festival Mulheres no Volante em Brasília, no Balaio Café! Pode chegar que o festival é todo gratuito! \o/

cartaz

Confira a programação:

Programação MNV-DF 2013

Sábado 23/11

11h – Abertura, bate-papo e reconhecimento

13h – Mesa redonda MULHERES NA CULTURA

14h30 – Debate conjuntura política com base no fundamentalismo religioso (Tatiana Lionço)

15h30 – Operação Sonora, bate-papo e aprendizado (Patrícia Egito)

16h – Mini-oficina de ginecologia autônoma e natural (Dju)

16h20 – Oficina de stencil (Juba)

17h20 – Oficina TRSNFORMER

17h20 – Minhocasa – utilidade sustentável (Jady Rafaela)
Venda de Mudas do Bioma Cerrado, frutíferas e ornamentais.

jody

17h20 – Performance Arte astral (Nadeen Madeva)

18h – “Autoapropriação de Si através do Mover-se”
A proposta desta vivência é abrir as escutas do corpo para, então, encontrar um estado de “vazio”, de onde brota seu ser, para permitir-se ouvir suas moções interiores e também as de fora, que te movem e a partir daí te fazem mover.

Mariana Rizério.

Mariana Rizério.

18h – Performance A Saia de Pandora (Mariana Baeta)
A idéia do espetáculo surge a partir da leitura do conto A Paixão de Dizer, do Livro dos Abraços de Eduardo Galeano, em 1999. No conto, lê-se a história de uma cigana que veste uma saia imensa cheia de bolsos, e de cada bolso vai tirando papeizinhos, “como quem lê a sorte de soslaio”.

marinabaeta

Performance Marina Baeta.

18h30 – Performance Mulher em Nós (Tina Carvalho)
A performance mulher em nós tem como proposta Um vestido de papel onde será desenhado na sua estampa vários tipos de amarras que as mulheres são obrigadas a ter. A performance segue em rasgar essas amarras. A máscara neutra serve para simbolizar todas as mulheres existentes nesse mundo entre correntes e flores, seguimos desatando os nós. “Mulher em Nós”.

tina

Performance Tina Carvalho.

19h – Performance Lavar-se. Lavrar-se. Livrar-se. Levar-se. (Mirela Ferraz)
“Um pouco de água limpará esta ação”, Lady Macbeth – Shakespeare
O presente trabalho foi concebido através da estrutura “work in progress” e visa construir registros contínuos na pele da performer, os quais são realizados através do ritual do banho, este que por sua vez, é explorado em seu excesso.

lavarse

SHOWS

20h – Trio a Brasileira

21h – Chinelo de Couro

22h – Dobalê

23h – Karla Testa – Baixe aqui o som dela!

Karla Tesla.

Karla Tesla.

00h – Pati Merenda

E mais… Exposições e Feirinha Feminista!


Domingo 24/11

9h – Osho meditação: respirando os chakras (Nata Nadeen)

11h – Mesa redonda mulheres e cenário musical

12h – Almoço e relaxamento

13h – Debate: Frente Feminista pela Cultura

15h – Profissão Poeta (Marina Mara)
No intuito de promover uma troca de experiências com poetas/escritores que queiram tirar seus escritos da gaveta e dar um tom profissional à sua carreira artística nasceu o curso Profissão Poeta, idealizado pela poeta, publicitária e produtora cultural Marina Mara. O minicurso pretende, de forma prática e descontraída, indicar o caminho das pedras – que haverão no meio do caminho – entre novos poetas e o público/mercado.

profissaopoeta

E o festival termina com uma edição especial da badaladíssima festa Dyke-se!

sororidykese

16h – FESTA SORORIDYKE-SE

SHOW: Santa Claus (SP)

DJs:

Tava Gomes
Obi Wan Ka
Julia Hormman
Michele Brito (SP)

Performances Nós Marílias. Foto: João Pacca.

Performances Nós Marílias. Foto: João Pacca.

+ Projeção: Oga Julia

+ Intervenções:

Pipocando Poesia

Nós Marílias

+ Feirinha + Performances + Exposições

Confirme sua presença no Facebook!

Informações: balaiocafe@gmail.com

SERVIÇO:

Festival Mulheres no Volante DF – 3ª edição
Data: 23 e 24 de novembro.
Hora: das 9h à 1 da matina.
FREE, LIVRE! Toda a programação tem acesso gratuito!
Balaio Café, 201 NORTE

Anúncios

Coletânea Festival Mulheres no Volante – 5 anos

C

Em 2012, comemoramos 5 anos que o Festival Mulheres no Volante foi criado, na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. De 2007 pra cá, percorremos um longo e – nem sempre fácil – caminho.

 Ao longo desses anos, temos conseguido estabelecer uma rede colaborativa e solidária de mulheres e homens envolvidos com a construção de um mundo mais igual, em que as mulheres possam se produzir e divulgar sua arte sem preconceito e discriminação, em que as barreiras entre o que é considerado “de menino” e “de menina” possam ser transpostas, e em que ambos os sexos possam viver de forma livre e autônoma.

Em 2011, colocamos o pé na estrada pela primeira vez e fizemos a 1ª edição do MnV em Brasília (DF). Em março de 2012, além da 5ª edição em Juiz de Fora, também aconteceu a primeira edição do festival em Campinas (SP). Em dezembro de 2012, Brasília recebeu sua 2ª edição do MnV. E já entramos em 2013 com novos planos e sonhos…

Para brindar essa meia década de resistência feminista independente, preparamos esta coletânea comemorativa de 5 anos do Festival Mulheres no Volante, com bandas que fizeram parte de nossa história desde 2007. Todas as bandas contam com pelo menos uma mulher instrumentista.

Este é o primeiro lançamento em CD do MnV. Queremos dar mais esta contribuição para divulgar e valorizar a arte produzida por mulheres. Queremos também mostrar pra mais meninas que existem referências de instrumentistas muito boas no Brasil, nos mais diversos estilos, da MPB ao heavy metal, do eletro-rock ao blues punk.

 Lançamos a versão física da coletânea durante a 2ª edição do MnV-Brasília, e agora fechamos o ano com sua divulgação pela internet.

 Muito obrigada a todas as bandas que cederam gentilmente suas músicas para esta coletânea especial. Nós acreditamos que a difusão livre da cultura é fundamental para sua democratização. E acreditamos que a cultura do compartilhamento e da colaboração também são essenciais pra democratizar palcos e promover novas e solidárias formas de produção.

 Experimentem… baixem… divulguem e compartilhem a música produzida por mulheres.

Para ter a versão física do CD, entre em contato com a gente. Se preferir, grave e imprima sua própria versão.

E muito obrigada por sonharem junto com a gente.

Abraços fraternos,

Festival Mulheres no Volante

#feminismo + #culturalivre

Baixe aqui a Coletânea MnV – 5 anos (free download)

Coletânea Festival Mulheres no Volante - 5 anos contracapa

http://www.mulheresnovolante.com/
http://www.facebook.com/festivalmulheresnovolante
http://www.youtube.com/mulheresnovolante
http://www.twitter.com/mulheresvolante

VVVVVVVVVVRRRRRRRRRRRUUUUUUUUUUMMMMMMMMMMMMMMM

Mulheres no Volante-DF por Jul Pagul

29432_545915262101717_1163444524_n
…se a mulher não consegue encontrar a cultura que a estimule, geralmente ela resolve criar ela mesma, essa cultura. Isso é bom, pois, se ela a criar, outras que vinham procurando há muito tempo chegarão misteriosamente um dia, proclamando com entusiasmo o fato de estarem procurando por ela o tempo todo”. Clarissa Pinkolas Estes

“Quando começamos a reunir as mulheres da Cultura ouvi falar do Festival Mulheres no Volante (MNV). Mas, a oportunidade de conhecer a Bruna Provazi veio um tempo depois no Fórum da Internet em Sampa. Nossa afinidade fluiu com o poder da força do que tem que acontecer. Vi muitas verdades ali… nos sonhos e na luta. E em especial, vi sentido pra leitura de mundo e experiências vividas. Percebi ali que existia mesmo, viva e presente, uma contra-cultura à cultura sexista. Percebi ali que podíamos usar nossa imaginação a favor e a serviço da vida das mulheres.

O Festival me agrada, mais ainda, por ser autônomo, apartidário e autogerido. E é assim mesmo ! Isto, por si só, já faz do MNV uma contracultura. Encontrei mais um tesouro, uma resposta aos vícios das práticas coletivas verticalizadas, usurpadoras e que poluem nossos territóritorios, nossos imaginários, nossas vida criativa… inclusive, a coletiva. O MNV é na prática o que busquei durante anos na minha vida, e poder somar para que mais mulheres compartilhem destes valores é um dever, uma necessidade, um desejo.

Lutamos pra estimular, garantir e defender a participação feminina na Cultura, com respeito e igualdade. E não apenas como consumidoras passivas, ou produtos à venda. Lutamos para agregar à Cultura valores que propiciem imaginários e comportamentos que valorizem o gênero feminino. Buscamos a emancipação e sustentabilidade de mulheres pela cultura. E vamos nutrir este  rizoma de micropolíticas em busca de solidariedade e liberdade de ações em gênero e cultura

E aqui estamos rumo a mais uma edição do Festival em Brasília !!! Escrevo com aquele frio na barriga e aquela coragem da semeadura: estas sementes vão germinar, sabemos o que colher… é só o começo…”

Por Jul Pagul – MnV-DF

Confira a programação completa do MnV Brasília aqui.

Entrada gratuita. Contribua com o fundo de apoio colaborativo do festival aqui.

Mais infos: (61) 7811-4717 | 8124.1863 | mulheresnovolante@gmail.com | www.mulheresnovolante.com

Festival Mulheres no Volante DF – Programação prévia

Nos dias 8 e 9 de Dezembro, em Brasília (DF), acontece o Festival Mulheres no Volante (MNV). Será a segunda edição no Distrito Federal, trazendo múltiplas linguagens e expressões artísticas protagonizadas por mulheres.

O MnV busca estimular, garantir e defender a participação feminina na cultura, com respeito e igualdade, e não apenas como consumidoras passivas, ou produtos à venda. Lutamos para agregar à cultura valores que propiciem imaginários e comportamentos que valorizem o gênero feminino. Buscamos a emancipação e sustentabilidade de mulheres pela cultura. E recentemente, atuamos como rizoma de micropolíticas em busca de solidariedade e liberdade de ações em gênero e cultura.

O MnV é autogestionado, autônomo e não possui patrocinadores. Seu apoio é muito importante para ajudar a fazer o festival acontecer, colabore doando qualquer quantia junto ao fundo de apoio colaborativo.

O Festival acontece no Balaio Café e tem entrada gratuita em todas as atividades.

CLN 201, Bloco B, Brasília / (61) 3327-0732
Cartaz_Ju

PROGRAMAÇÃO PRÉVIA DO MNV- DF  !


=> Sábado – 08.12.12

:: MANHÃ ::

Oficina de Vivência e identidade da voz – Andréa dos Santos

A voz é uma digital, ninguém no mundo por mais parecidos que possam ser, terá uma voz igual a nossa. Toda pessoa carrega consigo seu próprio instrumento, inserido em seu corpo, com características fisiológicas e psicológicas singulares. O timbre da voz humana depende das várias cavidades que vibram em ressonância com as pregas vocais, mas a voz é bem mais que um processo físico, ela é o resultado de nossa personalidade, dos momentos que vivemos, de nossa expressão para o mundo.

Algo que nos distanciou de nossa voz natural é também a mistica que envolve o canto hoje em dia, dando a impressão que apensas cantores ou profissionais da voz podem cantar. Na vivência Identidade da Voz vamos compartilhar o canto coletivo a partir do canto individual, das características de cada participante dentro do todo, com a utilização de técnicas mas não colando ela como o ponto principal da experiência, vamos buscar em um processo natural libertar, reconhecer e se apropriar de nossa própria voz.

Oficina Papo de Mulher: participação de mulheres em debates políticos – B&D

Quem se engaja na política certamente já participou de várias discussões sobre corrupção – a sua afinidade com o modo de produção capitalista e indissociabilidade em relação ao modelo formal de democracia, a apropriação midiática e os questionamentos da representação partidária. Numa roda de conversa, independente das opiniões que são apresentadas, contudo, um aspecto invariavelmente chama à atenção: a predominância das vozes masculinas. Quando o tema é política, seja na Academia, seja no Parlamento, seja no Movimento Estudantil, seja na mesa do bar, os homens falam mais alto. E é por isso que, no Festival, nós, mulheres e homens, vamos debater pautas políticas – mas só as mulheres vão falar. Mulheres, venham preparadas para falar muito! Homens, venham preparados para ouvir muito!

Oficina de ginecologia faça você mesma! – Jul Pagul

Jul Pagul – feminista graças às Deusas, maníaca diversiva e bastante ingrata com o Patriarcado traz para todas uma oficina de empoderamento. Afinal, o descobrimento a si mesma é fundamental pros nossos exercícios de emponderamento constantes, né? A oficina ensina práticas de autoexame e mais um bocado de possibilidades sobre nossos ventres.

Oficina pedalar de saia – Renata Florentino

Ela chama as moças e os rapazes que apreciam a liberdade do corpo para aprender a fazer seu próprio prendedor de saia, para pedalar sem medo das rajadas de vento. Quem tiver cinta liga sobrando em casa, é hora de reaproveitar! Meia 3/4 que só sobrou um lado serve também, e quem tiver seu kit costura, venha acompanhada dele! Quem não tiver, vamos ter tiras de elástico e agulha e linha para quem quiser! Nada de deixar de usar a bicicleta por querer usar saia e nada de abandonar a saia e se fantasiar de ciclista atleta na hora do pedal!

:: TARDE ::

DEBATES


– 14 horas Economia Criativa Feminista

(Vamos Tangir nossos TEsouros ! Nossa Relação como produtoras, distribuidoras e consumidoras de bens culturais)

– 16 horas CULTURA FEMINISTA: VIVAS ! 

(PRÁTICAS FEMINISTAS NA CULTURA: QUEM SOMOS … TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE PRESENTES E O QUE PODEMOS, QUEREMOS, DEVEMOS E PRECISAMOS SER ! CONVIDADAS:

MUJERES CREANDO – JULIETA PAREDES CONFIRMADA, CORPUS CRISIS, MARCHA DAS VADIAS, MARCHA MUNDIAL DAS MULHERES,  FÓRUM DE MULHERES DO DF, FESTIVAL ROQUE PENSE, PRETAS CANDANGAS, BLOGUEIRAS FEMINISTAS, MULHERES NO VOLANTE)

:: NOITE ::

19h  TEATRO- Solo Penélopes ; Letícia Resck, um solo sensível e poético que parte do mito de Ulisses e usa como pretexto o poema de Letícia

12602_388614481219834_1652222494_n

PENÉLOPES

Há 18000 anos Ulisses partiu
Deixou seu arco, suas terras, seu filho e sua esposa: Penélopes
E ela espera…Pois aprendeu muito bem a lição do pertencimento
Penélopes tece
Penélopes destece
Seu único e inacabado vestido: o amor por Ulisses
Aprisionada nas fronteiras do território de Kartas
Ela aprende a exercitar sua arte, mas não ousa sair do conhecido
Ulisses vem?
Ou será que é tarde demais?

20h30

MÚSICA

MIRIAN MARQUES é cantora, arranjadora, trombonista e educadora musical. Faz parte de uma geração de músicos que alia versatilidade, qualidade musical e os contextos vocais e instrumentais em seus shows. Mistura estilos em arranjos inovadores e com a cara da música brasileira. Traz para o palco linguagens do funk mesclado ao samba; do samba com o rock, além de músicas inéditas e arranjos empolgantes para seus shows

Sam Defor e banda!

Sam Defor é uma cantora que, acompanhada pelo violonista e guitarrista Renato Uchoa, traz um repertório brasileiríssimo que explora sabores rítmicos e melódicos de compositores como Chico Buaque, Jards Macalé, Djavan e outros. Para completar o incrementar o time, Sam ainda conta com músicos que farão participações especiais durante o show.

Djs  She’s my fave;

Clarissa Carvalho e Elizia Carvalho são duas irmãs que tocam juntas há dois anos nas noites brasiliense, principalmente na Play! e que prometem muita dança. Um som vibrante, muito marcado por todas as variações do Rock and Roll, que passeia pelo indie, eletro rock, clássicos do rock e rock pop.

Banda Penúria Zero

A banda Penúria Zero foi formada em 2005, quando 3 amigos que já gostavam do estilo punk, decidiram colocar suas ideias em prática. Com letras incisivas e muita vontade de tocar. Infelizmente a banda deu uma parada no ano de 2006, mas foi reformada no ano de 2011 a banda volta com gás e determinação e apesar de vários integrantes terem passado pelo o penúria. Os integrantes da banda que se mantêm firmes são: Tuttis (Vocal),Sopão (Guitarra),Gril (Baixo) e Biscoito (Batera) mostrando o seu punk rock HC, tocando em vários locais do entorno e DF.

penuria zero

Banda Cretina

A banda Cretina foi formada em 2009 com a proposta de tocar Rock, se divertir e extravasar. Passou por algumas formações e agora com Letícia Lopes no baixo, e Angell Bauer na bateria, mostra um roque festeiro e debochado, onde suas apresentações – sempre explosivas e passionais – conquistaram um público apaixonado, que garante um show performático e único.
Misturando o punk c om rockabilly, com influências de The Cramps,The Stooges, The Who, Sonic Youth, Rolling Stones e a efervescência de Jimi Hendrix. A Cretina surgiu nas festas organizadas pela Geração Delírio, coletivo que movimenta a cena independente da Baixada Fluminense, e desde então participa de festivais que agitam a cena cultural da Baixada Fluminense. Em 2011 lançou seu primeiro Ep com oito faixas, através do selo independente Transfusão Noise Records, tocando em São Paulo e interior do Estado do Rio de Janeiro.

cretina

=> Domingo – 09.12.12

::  Manhã :: 

Oficina de cabelo afro: trançando a história, nega do cabelo duro. – Luanda Gabriela

Esta oficina tem por objetivo propiciar trocas de experiências a cerca do modo em como o negro/a lida com seu cabelo, a origem dos penteados afro e as conotações sociais e políticas associadas ao tema. Na etapa prática serão introduzidas as técnicas das tranças: Jamaicana, Nagô (tranças rasteiras), Dread Looks e amarrações com tecidos e os cuidados que devemos ter quando se opta realizar um alongamento. Vamos todas!!!

Oficina – Emponderamento pelo Sagrado Feminino

A oficina Espiritualidade da Deusa e empoderamento das mulheres, será ministrada pela Natália Carvalho, que é psicóloga, trabalha facilitando oficinas terapêuticas para mulheres e há dez anos é sacerdotisa de círculos de mulheres em Brasília. Nesta oficina falaremos sobre espiritualidade a partir da conexão com a Divindade como Deusa e da prática em círculos de mulheres. Aprendemos a meditar com cantos sagrados de encerramento para mulheres

Oficina de apropriação tecnológica, ou cultura digital feminista

Rádio Livre, Computadores e muito mais…. A apropriação tecnológica como forma de libertação!

Por: Aline Freitas, Jul Pagul, Amanda Maniva e Bruna Provazi

:: TARDE::

14h Apresentação do filme “Parto Natural”

14h Movimento TRANS e Feminismo (com Aline Freitas e Jaque Jesus)

16h  Frente Feminista pela cultura (Debate sobre Políticas públicas de Cultura e FEMINISMO)

17h MOSTRA E DEBATE: CINEMA E FEMINISMO

Alexandra Martins, Luana Gaudad, Giordana Moreira e Guaia Monteiro.

 


:: NOITE::

19h Contos do Interior, Anasha Gelli

Contos do Interior é o quarto espetáculo-solo da atriz e a arteterapeuta Anasha Gelli. Interativo, o espetáculo é uma roda de encontros composta por três diferentes contos. No Festival Mulheres no Volante, a engraçada narradora, a Véia, “a mais véia das véias!” apresentará o conto “A Moça Redonda” que fala da mulher e do seu corpo como um caldeirão de vida e morte, num ciclo eterno de altos e baixos, assim como o mar ou a Lua… “Contos do interior” é um espetáculo brincante criado especialmente para a criança que vive dentro do adulto! Duração: 45 minutos. Censura livre

20h Sarau de poesia e música

Com as artistas Laura Moreira, Natália Maria, Lilian Dinis, Manuela Matusquela na poesia e Andrea dos Santos, Luanda Gabriela, Beatriz Águida, Michele Nogueira, Carolina Voigt, Martinha do coco e Nanan Matos – Foli Aye na música!!!!

= > Entrada Franca !

=> Intervenções Cênicas, Visuais e Poéticas

=> Rádio Livre! Montaremos uma web rádio LIVRE-FEMINISTA  durante o evento! Sinta-se convidada a programar 😉

=> FEIRA  na pracinha da 201 norte: comida vegana, roupas, absorventes ecológicos, zines,  instrumentos, autodefesa ! Venha expor também !

=>  CIRCA  Brasilina – pipocando poesia e muita palhaçaria !

Mais infos: (61) 7811-4717 | 8124.1863 | mulheresnovolantedf@gmail.comwww.mulheresnovolante.com

Distrito Federal chamando: Festival Mulheres no Volante 2012 – 08 e 09 de dezembro

[CHAMADO] Salve Sistas ! Falta só um mês pro MNV – DF ! Segue um chamado pra quem estiver na pilha de construir o Festival daqui conosco… Será uma beleza:

1) expor ! vale tudo: fotos, quadros, artes, etc..2) tocar ! vamos ter shows de bandas, solos durante o festival – quem quiser tocar será muito bem-vinda3) dançar ! seria muito bom termos danças feministas no festival…

4) exibir ! Videos feministas durante, antes e depois do festival pensamos em formar um coletivo cineclubista e feminista

5) Oficinar ! Este é um chamado pra quem tiver disposta a compartilhar saberes com as demais presentes… sobre os mais diversos temas…

6) Criar ! Umas das ações que vamos fazer durante o Festival é lançarmos uma cerva feminista… fica o convite pra quem quiser pensar na divulgação da cerva, em uma campanha que responda ao sexismo da publicidade de cerveja…

7) Radioativar e TVlizar ! Vamos montar uma rádio e uma TV durante o FEstival pra divulgar, transmitir, registrar… quem tiver interesse

8) Estagiar e se voluntariar – ainda estamos sem verba pro Festival… hoje vamos pensar em alguma solução, mas precisamos de voluntárias e 2 estagiárias pra esta missão nas áreas de produção e comunicação

9) Propor debates – quem tiver a fim de propor algum debate, que quiser dar alguma palestrar, nutrir alguma reflexão sobre feminismo e cultura será bem-vinda

10) Recitar – seria muito bom termos espaço para poetas e poesias.. um varal de poesia feminista

11) Intervir ! performar… fica o convite para mulheres que queiram fazer performances e intervençoes humanas, urbanas, extramundanas… 😉

12) Documentar quem tiver interesse, tai mais uma possibilidade…

13) Magia e encantamentos… quem quiser trabalhar com alguma coisa encantada que empondere as mulheres … 😉

14) Wendo, capoeira… seria legal termos um momento pra pensarmos em autodefesa… nos nossos corpos…

E fica o convite pra quem só quiser / puder aparecer no festival: 08 e 09 de dezembro no Balaio Café

O e-mail do Festival em Brasília é: mulheresnovolantedf@gmail.com

Até breve!vvvvvvvvrrrrrrrrrrrrrrrruuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

MnV – Campinas!

Mal terminou o Festival Mulheres no Volante em Juiz de Fora e já anunciamos nossa próxima parada: Campinas (SP)!

Veja só como vai ser:

Em Campinas, a mulherada feminista, juntando Mulheres no Volante Campinas e Marcha das Vadias Campinas, resolveu organizar uma primeira versão do evento na cidade, menor que o festival original em Juiz de Fora, para daí começarmos a articular outros grupos feministas da cidade que queiram ampliar este festival em outras versões!

A programação completa está no cartaz. Vamos??

vvvvvvvvvvvvrrrrrrrrrrrrrrrrrrrruuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Muito obrigada! :)

Oficina de imagem digital no MnV 2011.

Amigos(as), colaboradores(as) e parceiros(as) do Festival Mulheres no Volante,

é com muito entusiasmo que anunciamos: conseguimos atingir nossa meta no Catarse!!

Em apenas 25 dias, juntamos R$ 5.805. \o/

Só temos a agradecer a todas as 74 pessoas que contribuíram com o projeto, e a todas as outras que, mesmo sem poder contribuir financeiramente, ajudaram a divulgar em suas redes sociais, blogs e no velho e infalível boca-a-boca.

Aproveitamos pra reforçar a importância da produção coletiva do Mulheres no Volante. Nós não temos patrocinadores oficiais, nem logomarcas de mega empresas atrás de nossas camisetas. O festival só é possível por que é feito de forma coletiva, através do apoio de vocês, da forma que cada um(a) pode contribuir.

O Mulheres no Volante é um festival independente e vai continuar sendo.

Vamos preparar com carinho os brindes de vocês. 😉

O 5º MnV começa hoje!

Grande abraço e até daqui a pouco!


vvvvvvvvvvvvrrrrrrrrrrrrrrrrrruuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Apoiadores(as) do Festival Mulheres no Volante 5.0:

Alexandre Dudu Mazzei
Aishameriane Schmidt
Ana Paula
Ana Paula Oliveira
Bárbara Lopes
Betina de Tella
Bruna Lz
Brunella Martina
Bruno Videira
Bianca Santana
Bianca Cardoso
Carina Scaldini
Ciro Madd
Cynthia Dias
Clarisse Paradis
Celia Alldridge
Carol Cançado
Clara Sampaio
cilmara bedaque
Dayse Hansa
Diana Junqueira Leite
Daniela Valverde
Elaine Santana
Eduardo Novellino
Fatima Ramos
Fernando De Oliveira Barreiros
Fred Mendes
Francine Costa
Gabriel Medina de Toledo
Gustavo Amigo
Giliard Tenório
Heron Franco
Helena Krausz
Isabela Gaia
Jul Pagul
Juliana Nunes
Jeanne Callegari
Ligia Inhan
LiviaCarol Gouvêa
Laura Mendes de Barros
Lee Mattos
Laura Pequeno
Lívia Ribeiro
Laila Castro
Liliane Oliveira
Melina Rombach
Miguel Vieira
Morgana Eneile
Murilo Garcia
Nalu Faria
Nati Martins
Paula Zagotta
Pedro Nogueira
Pedro Markun
Raquel Duarte
Roberta Carminati
Safira Caldas
Saulo Padilha
Silvânia Sottani
Tainá Novellino
ticamoreno
Thais Thomaz
Tatiana da Motta
Tiago F. Pimentel
Thiago De Teive
Tiago Rattes de Andrade
umapomba Voando
Vinicius Moraes
Vinicius Macario
Wania Maria de Souza